segunda-feira, 5 de setembro de 2016

LAYERS OF FEAR: INHERITANCE PC

layers

Você toma outra bebida como os teares de lona na frente de você. Uma luz ofuscante pisca no canto. Você criou inúmeras peças de arte, mas nunca nada... assim. Por que não fez isso antes? Parece tão óbvio em retrospecto. Seus amigos, críticos, parceiros de negócios — em breve, eles vão ver. Mas ainda falta alguma coisa...

Olhas para cima, assustado. Essa melodia... Era um piano? Soou como ela... Mas, não, isso seria impossível. Ela se foi. Desapareceram todos.
Tenho que me concentrar. Quanto tempo levou para chegar a este ponto? Muito tempo, mas isso não importa. Não haverá nenhuma mais distrações. Está quase terminado. Você pode senti-lo. Sua criação. Sua Magnum Opus.

Você ousa ajudar a pintar uma verdadeira obra-prima do medo? Camadas de medo é um jogo de primeira pessoa horror psicodélico com um foco pesado na história e exploração. Aprofunde-se no fundo da mente de um pintor louco e descobrir o segredo da sua loucura, como você atravessar uma mansão vitoriana vasta e em constante mutação. Descobri as visões, os medos e horrores que entrelaçam-se o pintor e terminar a obra-prima, que ele tem se esforçado tanto para criar.


Características do jogo:
• Horror psicodélico – um sentido de insanidade significa que cada volta da câmera pode mudar completamente a aparência do seu entorno.
• Definição vitoriana – explorar um mundo de jogo inspirado por pinturas de obra de arte, arquitetura e decoração do século XIX.
• Arte original e clássico – numerosas peças de carne de arte e música original para fora a história e o ambiente.
• Exploração centrada na história – apenas por meio de explorar o ambiente você pode descobrir os detalhes do passado de trevas e trágica do pintor.



REQUISITOS MÍNIMOS:

Sistema Operativo: Windows 7
Processador: Intel Core2 Quad Q8400
Memória: 4 GB de RAM
Placa gráfica: NVIDIA GeForce GTX 560 1GB / Radeon R7 250X 1GB
DirectX: Versão 11
Espaço no disco: Requer 5 GB de espaço livre




Nenhum comentário:

Postar um comentário